segunda-feira, 7 de março de 2011

Chuva


chove
lá fora
me fode
agora
com amor
sem pudor
barulho que cai
a gota me atrai
molhados
chovendo
pelo prazer
apaixonados
continue a fazer

e chove
trovão
e fode
paixão
e chove
na rua
me fode
estou nua

e chove
tira a meia
e fode
me despenteia
e chove molhado
seu pé está gelado
chega de prosa
você me aquece
vai, enlouquece
vem e goza

por Liz Christine
fotografia de Damon Loble

4 comentários:

Desejo Evidente disse...

Encanto forte, este, da chuva.

Stargazer disse...

É bom quando dizemos isso a um Homem e ele nos enlouquece de desejo.

Beijo csolarengo, para contrastar com o dia chuvoso,

Pedro M disse...

Ohhh, minha querida DE,

deixe-se encantar comigo,
dispa esse vestido molhado,
deixe que minha boca seque o seu corpo, húmido, quente, fremente...

Um beijo

Pedro M disse...

Minha querida Stargazer,

deixe-me escutá-la... e enlouquecer...

Um beijo