terça-feira, 3 de julho de 2012

Primeira vez...


Uma boca doce que se abre em flor,
Um ventre macio tão acolhedor
Que acende a fogueira da minha paixão...
Te envolvo em carícias, suspiros, delírios,
Flor imaculada, meiga como lírios,
Vou fazer-te amante, minha adoração.

Momento aguardado ansiosamente,
Expectativas uniram a gente
E em áureas magias o amor se fez...
Foi tanta delícia, juntos, abraçados,
Que ainda em êxtase, já realizados,
Celebramos, ébrios, a primeira vez...

por Piero Valmart
fotografia de Alex Krivtsov

4 comentários:

Marta disse...

Em que nos amamos loucamente...
Nessas carícias e delírios apaixonados....
Beijos e abraços
Marta

Pedro M disse...

Minha querida Marta

A primeira vez entre dois amantes é sempre inesquecível.

Beijo

Anónimo disse...

Tem razão, nunca esquecemos a primeira vez. E eu nunca esquecerei a minha primeira vez consigo.

Beijinho

L.

Pedro M disse...

Minha querida L.

Guardo de si o seu sorriso :-)

Beijinho