quarta-feira, 25 de junho de 2008

Não sei


Não sei o que verdadeiramente…
Em mim despertas.
Pecado não é…
Sentir-me assim…
Romper os tabus impostos…
Por alguém que nunca tal sentiu…
Essa paixão…esse calor…
Provocador.
Faz com que se ultrapasse os limites.
Numa entrega em que tudo fala.

Por Marta Vinhais
fotografia de Evgeniy Bokser

Este poema foi-me enviado pela autora. Veja o seu blogue Com Amor

12 comentários:

vita disse...

Quente.;)
Beijo

Marta disse...

Sou suspeita...
Apenas posso deixar que o poema fale por mim....
Deixo um abraço e um obrigada....
Beijos e abraços
Marta

Jade disse...

"...tudo fala", tudo grita,
é o acordar de nós em nós,
é o querer viver...mais e mais!
:)
Um beijo

P.S.: Marta, mais um belo texto!
Um beijo para ti

Pedro M disse...

Vita, um beijo quente

Pedro M disse...

Marta,

Espero em ti despertar
o desejo,
a vontade de sentir, de provocar e de seres provocada,
a volúpia dos sentidos,
o calor da paixão.
A vontade de te sentires
mulher,
olhada, admirada,
desejada, sem limites, sem tabus...

Um beijo

Pedro M disse...

Jade,

é o querer dar, sentir e receber por completo. É o não aceitar limites, é o arrebatamento dos sentidos...

Um beijo

Espelho d`água disse...

Escaldante...

beijoquita

attitude_problem disse...

Mto bom o poema! ;))

Jokas para os dois.

Doce Veneno disse...

Nunca é pecado sentirmos desejo e a vontade de perder todos os tabus..

Transcede-me a alma como um punhal.. não há limites, nunca houve...

Beijo

Pedro M disse...

Espelho d'água, mas é um calor maravilhoso :-)

Um beijo

Pedro

P.S.: já espreitei o teu "sítio"! Gostei. Prometo voltar e comentar!

Pedro M disse...

Attitude, um beijo para ti também!!!

Pedro

Pedro M disse...

Minha querida doce veneno, será que te deverei passar a chamar doce pecado? :-)

Um beijo