terça-feira, 21 de julho de 2009

Posse intemporal


Fazer amor contigo
não é espelhar teu corpo nu
no vítreo do meu espaço
não é sentir-me possuída
ou possuir-te

É ir buscar-te
ao abismo de milénios de existência
e trazer-te livre.

por Manuela Amaral
fotografia de Ilya Rashap

2 comentários:

Marta disse...

E depois???
Saber como me sentes....
Gostei..
Beijos e abraços
Marta

Pedro M disse...

mmm Marta...

como adoraria sentir-te... agora...

Um beijo