sexta-feira, 17 de julho de 2009

Olhos nus (II)


Vem...
Vê-me nua,
o corpo e a alma.

Rasga-me a roupa,
prende-me as mãos nas tuas.

Contorna os meus lábios
com o indicador.

Mordo-te suavemente
e aperto-me mais contra ti.

Sinto a tua erecção,
A minha resposta.

Peço-te.
Vem,
funde-te em mim.
Dá-me o teu prazer,
reencontra-te com o meu...

dedicado por uma leitora anónima
fotografia de Moi

8 comentários:

gabrielle disse...

a magia do olhar, em palavras dedicadas... gosto

Indie disse...

despir com o olhar,
pelos olhos crús
de um corpo nu

Pedro M disse...

mmm Gabrielle...

a sensualidade, o desejo transmitido por um único olhar...

Um beijo

Pedro M disse...

mmm Indie...

imaginar a roupa que escorrega sobre uns ombros semi desnudados...

Um beijo

Marta disse...

E sentir o dedo a contornar suavemente os lábios....
Abrir a boca e acariciar o dedo...

Beijos e abraços
Marta

Pedro M disse...

mmm Marta...

um dedo que depois desliza...
suavemente...
entre teus seios...
sobre sobre o teu ventre...
entre tuas coxas...
e se queima em teu calor...

Um beijo

Maria Strüder disse...

Adorei a foto. Gosto muito de fotografia e se de facto foi tirada por si está de parabéns.

Pedro M disse...

Olá Maria :-)

Obrigado pela visita. Também eu gosto de fotografia, e confesso que gostaria de ser o autor da foto.
Mas de facto não sou. Trata-se de um auto-retrato, em que a autora assinou simplesmente como Moi.

Um beijo

Pedro

P.S.: não pude deixar de espreitar o seu blog. Gostei e prometo voltar!