quarta-feira, 2 de julho de 2008

O terceiro elemento


eram ele e ela
dois,
os dois apenas
ela por ele
em cima
ele dentro
em baixo
atrás
ao lado
dentro dela
ela gemia
ele sorria
ela gritava
ele batia
puxava os cabelos
dela e ela inclinava
ainda mais as ancas
giros fortes
ela
ele
dentro dela,
apenas os dois.

então ela por cima
o comia
feito um homem
dizia quieto
dizia mexe
dizia goza
ela por cima
dele,
ele dentro dela
ela pedia
dizia mete
dizia fode
mandava nele
e ele só fazia
o que ela queria.

e então um dia
ele dentro dela
o dedo dela
escorregou pra
dentro dele
ele gemeu
brigou
não quero
machuca
e ela ouviu
sorriu
enquanto o dedo
dela brincava gentil
dentro dele
e ele não mais
resistia.

e não bastou
para ela, não.
ela sabia
o que ele queria
embora ele não
soubesse que podia
então no ouvido
dele
sussurrava
coisas esquisitas
aflita, louca

ele dentro dela
sempre
ela se contorcia
em gozo, tonta
mas queria outro
com eles
queria outro
na sua boca
enquanto ele
a fodia.

então dizia rouca
a ele
a sua fantasia
no ouvido dele
o outro descrito
como ela queria
contava e ele
o que o outro
fazia
enquanto ele,
cada vez mais louco
a fodia
forte
um garanhão
ela
tesão que o consumia
pedia mais
mais forte
enquanto dizia
e ele o que seus
olhos viam: o outro
sobre ele
enquanto ele a
comia
as pernas dele
abertas
enquanto ela
puxava as nádegas
dele e o abria
para o outro
que o fodia
o outro que a
beijava sobre
os ombros dele
e ele via
e punha a própria
língua entre as
línguas deles: do outro
que o comia e dela, que
ele fodia bem e forte
como só ele sabia

ela falava
e ele via
e ele sentia
e queria
desvairado
louco
tonto
embarcar naquela
fantasia
que era dela - e por
ser dela,
ele se desculpava
isso o redimia
e então ele
podia
ser o macho
ser a fêmea
e ele podia
ser qualquer
coisa
qualquer forma
de prazer valia
e ele punha
os dedos dele, juntos
na boca que ela
oferecia
e junto com ela
lambia
chupava os dedos
grossos,
os dois
ao mesmo tempo
e os dedos eram
o pénis do
outro que ela
queria.

juntos
podiam tudo
até tornar o outro
mais que fantasia
e isso era
o que ele mais queria
e isso era
o que ele mais temia.

Por Nálu Nogueira
fotografia de Santillo

22 comentários:

Bombocaa disse...

ui...das boas...
:)

Marta disse...

Forte e intenso...
Beijos e abraços
Marta

Pedro M disse...

Bombocaa, a menina está a deixar disparar a sua imaginação :-)

Um beijo

Pedro M disse...

Marta, tudo o que vale a pena deve ser vivido dessa forma: com intensidade.

Um beijo

Doce Veneno disse...

Hmmm no fundo no fundo.. tudo o q se deseja arduamente e se fantasia, é na realidade algo q s teme realmente...

Muito bom Pedro, se bem q a conjugação verbal em brasileiro lhe dê uma entoação menos forte.

Preferia em português, cru e bruto.

;)

Beijo

attitude_problem disse...

Costumo ter opiniã própria mas hoje concordo inteiramente com a Doce Veneno, subscrevo as palavras dela (ela autoriza!). lol

Qnto a ti Pedro, és capaz de bem melhor... eh eh

Beijo.

lalisca.cs-life disse...

Concordo com a Doce, nada melhor que o crú do português!!
Mas muito intenso sim senhor!!
beijo

Pedro M disse...

Olá meu Doce Veneno.

Tens razão. O português brasileiro adoce bastante as palavras. Ainda bem que não tenho fantasias destas! Ufa!!!

Um beijo

Pedro M disse...

Attitude: espero que te referisses a ser capaz de escrever melhor :-) Não sei... não tenho praticado o suficiente...

Um beijo

Pedro M disse...

Lalisca: só intenso? Isto não é uma fantasia! É o pesadelo de qualquer homem :-)

Um beijo

Carla disse...

intensa...a força da imaginação!

Melancia disse...

Muito Sugestivo ;)

Pedro M disse...

Carla, concordo contigo, embora as minhas fantasias sejam um pouco diferentes :-)

Um beijo

Pedro M disse...

Minha querida Melancia, sugestivo mas...

Um beijo

Jade disse...

É poderoso...e ritmo...ui!
:)

um beijo

CamaReira disse...

Intensamente excitante.
Aiiii que tesão danada...

Beijos Ardentes

MalucaResponsavel disse...

devorei. está bem escrito, nada ordinário, muito interessante. bj

Pedro M disse...

mmm Jade... o ritmo do prazer...

Um beijo

Pedro M disse...

Camareira, vai onde te levar a tua imaginação :-)

Um beijo

Pedro M disse...

Maluquinha Responsável também gostei, embora provoque um arrepio em qualquer homem :-)

Um beijo

Auréola Branca disse...

Nossa! Êxtase desconcertante!

Pedro M disse...

Auréola Branca sabe como é, no calor da paixão derrubam-se todas as barreiras...

Um beijo