segunda-feira, 7 de julho de 2008

Descoberta


Um CD
uma música
nós dois
um clima
o amor

Noite de estrelas
perfume de madrugada...
sensualidade

A camisa de botões entreabertos
me dá uma pequena amostra
da tua masculinidade...

eu não resisto

e abrindo botão por botão
deixo cair no chão
este primeiro obstáculo

eu te desnudo...

e te toco
te invado
percorro os teus caminhos,
invento trilhas,
descubro o teu ponto G

eu te sinto...

sem atropelos
eu brinco nos teus pêlos,
ora tímida,
ora ousada...

minhas mãos no teu corpo
fazem a sua "Cavalgada".

Te exploro
te provoco
te causo alvoroço,

brinco no teu cabelo
na tua boca
no teu rosto

te acaricio o peito
tuas costas
teu pescoço.

Passeio na tua cintura...

e pouco a pouco
eu te deixo louco

te acarinho aqui,
ali primeiro,
te toco no corpo inteiro

te encho de desejo
te levo ao delírio
incendeio esse corpo teu.

Então eu te descubro...

Eu te possuo
já não és mais o menino.
És um homem
tão... e somente meu!

Por C. Almeida Stella
fotografia de Oleg Kosirev

12 comentários:

Afrika disse...

Simplesmente lindo!
Beijo

Attitude Problem disse...

"Um CD
uma música
nós dois
um clima
o amor..."


Bastava apenas este pequeno trecho. O resto a imaginação dá-nos!

Beijo.

Pedro M disse...

mmm Afrika... adoraria sentir assim os teus dedos!

Um beijo

Pedro M disse...

Attitude... posso lê-lo novamente?... contigo?...

Um beijo

Marta disse...

Deixar que as minhas mãos sintam a tua pele ao ritmo da música....
Despir-te lentamente....olhando-te...
Boa escolha...
Beijos e abraços
Marta

P.S.: Não tens aparecido...

Jade disse...

Eu não resisto...
Eu te desnudo...
Eu te sinto...
Eu te descubro...
tão...e somente meu
:)

um beijo

xanata disse...

texto fantastico! :D

Auréola Branca disse...

Lendo esse poema revivi um estória de amor de algum tempo, onde certo garoto apaixonou-se por mim. Mais novo, mais inexperiente, olhar de menino. O que mais excitava-me era ensinar-lhe o mundo onde esquecemos de tudo no vai e vem.
Abraços.

Pedro M disse...

Marta, estremeço excitado, ao sentir teu olhar em meu corpo despido, ao sentir o toque de tuas mãos que me percorrem ao som da música que nos embala...

Um beijo

Pedro M disse...

mmm Jade...
adoro sentir tuas mãos, desabotoando a camisa, percorrendo o meu peito...
ohhh... espera, eu desaperto o cinto...
ahhh... que fazes?!...
ohhh... siiimmmm...
as tuas mãos... a tua língua... a tu boca...
enlouqueces-me...
fico preso em ti...

um beijo

Pedro M disse...

Olá Xanata, um beijo. Adorei ter-te por aqui!

Pedro M disse...

mmm Auréola Branca... adoraria ter sido esse garoto :-)

Um beijo