quarta-feira, 11 de março de 2009

Possui-me com vagar...


perco-me no labirinto
em que te encontro,
entre os gemidos
e os suspiros
crescentes
que arrancas
com carícias imaginárias,
morangos vermelhos
e beijos molhados

beijas lábios e lábios,
saboreias sem pudor
percorrendo o meu corpo
com a tua boca,
marcando e provando;
mordiscas os seios
e traças no meu peito
rios e estradas
que não desaguam
no mar mas em ti

possui-me com vagar...

dedicado pela autora, Candlelight
fotografia de Nicola Ranaldi

8 comentários:

candlelight disse...

ardo de desejo, sedenta,
devassa, impudica
inebriada pela luxúria
enlaço-te com as pernas,
quero sentir o teu ventre no meu,
prendo-te em mim
mais perto e mais fundo,
sentindo que deslizas devagar,
sedento e lascivo

um beijo apaixonado

Ana disse...

Encontro-me em ti,
sempre que me possuis.
Quando teu corpo cruza o meu
sinto o fulgor da paixão,
ardente desejo!
Sinto a pele desvairar,
fecham-se os olhos de prazer,
palpita o peito ofegante
sente-se a respiração incendiada!
Olhas-me ternamente,
percorres meu corpo com as mãos,
sinto o teu tacto em minha pele,
cedo-me como a flor que desabrocha.
Abandono os meus sentidos,
deixo-me levar pelos teus impulsos,
guias-me à tua loucura que é minha.
E ali, dois corpos nus,
fazem brilhar a sua sensualidade,
elevam o mais íntimo que há em si,
transcendem a volúpia do momento.

Um beijo quente e humido
Ana

Marta disse...

E sente-me...
Como renasço, como vibro, como grito, como gemo...
Perde-te comigo nesse mar....
Não tenhas pressa de vontade...
Beijos e abraços
Marta

Branca disse...

Visitando seu espaço...gostei dos poemas.

Bom fim de semana pra vc!

Pedro M disse...

mmm minha querida Candlelight...

deixa-me sentir o calor de teu desejo, matar a tua sede.
Prende-me em ti, no teu ventre húmido, quente, palpitante!

Um beijo

Pedro M disse...

Ohhh minha querida Ana...

Deixa-me ver como fechas teus olhos...
Deixa-me sentir como palpita teu peito...
Deixa-me ver como se abre tua flor ao toque de meus lábios...

Um beijo

Pedro M disse...

Ohhh minha querida Marta...

Sinto...
Teu corpo vibrante encaixado no meu.
Escuto...
Teu grito de prazer que me descontrola e gemo...

Um beijo

Pedro M disse...

Ohh Branca, foi um prazer receber a sua vista no meu espaço.
Volte sempre!

Um beijo