sexta-feira, 4 de abril de 2008

Tango


Chorava um bandoneon
Num canto de bar.
Meu vestido vermelho
O cabelo preso numa flor,
E o tango falando de amor,
Contrastavam com a luz neon.
Nossos corpos em uníssono,
Um ballet tão sensual...
Movimentos em compasso,
Acompanhavam cada passo
Deste tango figurado,
Como um estranho ritual.
Batia o coração descompassado!
Teus lábios sensuais me enfeitiçavam,
Tuas mãos macias brincavam em mim
Como o vento brinca, namorando
As flores de um jardim.
Teus olhos escuros, meio ciganos,
Insinuavam promessas,
Dessas, que misturam
Amor, desejo, paixão e mais, muito mais...
Um perfume no ar
E abraçado ao violino
Solitário bailarino,
O bandoneon a chorar
Um velho tango de amor,
Naquele canto de bar!

por C. Almeida Stella
fotografia de Alois

5 comentários:

Bichinho disse...

Belo...beijo fantasma.

O Sussurrar do Corpo disse...

Fantastico !!
Beijo...

atp disse...

quando se copia não se cometem erros, a menos que os textos dos autores copiados tb tenham gralhas.
Agradeço a correcção. não me ofende, antes pelo contrário.
estou aberto a criticas.
principalmente desde que um dos meuas passatempos é escrever na net, em virtude de me encontrar em casa, após um gjo com os copos me ter atropelado.
Regressei agora da fisioterapia.
Quer mais?
Ando por aí a ver o que é bom e o que é mau, seja na TV, ou em blogues.
Não sou profissional de blogues, antes observador tentando imparcialidade.
Escrevo ao correr da pena. Se erro é pura distração, ou propsitadamente. Assim realizo que lêem as palavras que escrevo.
Com humildade.
Não sei falar espanhol, nem pretendo aprender.
Thanks anyway

Pedro M disse...

Meu caro atp,

Eu não copio com o sentido de plagiar, pois o nome do autor é sempre referido. Não sou poeta, aprecio a poesia erótica. Faço fotografia, mas as fotos que apresento não são minhas, pelo que o autor é também sempre referido.
Quanto aos erros ortográficos, tento evitá-los, e se necessário corrijo as gralhas dos textos originais.

Cumprimentos

angel disse...

Gracias, Pedro por tu visita y por estos versos y estas imágenes con las que edificas la estética de tu espacio. Un gusto estar aquí.


Saludos...