terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Inebriantes na dança do amor


Minha mente é só desejo:
Minha boca clama pelo teu beijo,
Meu corpo pulsa pelo teu toque,
Meu ser estremece pelo teu olhar.

Eu sou,
inteiramente,
lua,
nua,
tua.

Desejo acima de desejo
Corpo sustentando corpo
Alma comportando alma.

Tu
infinitamente
no meu
íntimo...

Nós dois
Inebriantes
Na dança do amor
A tocar
A sentir
A gozar
Na explosão do depois...

por Ana C. Pozza
fotografia de Elena Vasileva

12 comentários:

gabrielle disse...

danças comigo?...

[a tal dança inebriante em que tocar, sentir, gozar, continua a rimar com desejar, olhar, beijar - sem antes nem depois]

beijo, desejo sem qualquer pejo...

Carla disse...

que bom este ser pleno que rasga a pele para entranhar o desejo
beijos

Indie disse...

caro pedro,
gostava que me dissesse esses versos a olhar para mim

Attitude Problem disse...

Adorei! :))


Um beijo... com dança!

Ana disse...

Como este poema exprime o sentimento que é meu.
Como me dá a vontade de te sentir na minha pele. O cheiro do teu corpo no meu.
Um beijo quente e humido
Ana

Pedro M disse...

mmm minha querida Gabrielle...

um tango sedutor, sensual, excitante...

Beijo

Pedro M disse...

mmm minha querida Carla...

o desejo entranha-se sempre, sente-se na pele, num nó no estômago, na adrenalina que nos faz disparar o pulso, no prazer que se sente por antecipação...

Um beijo

Pedro M disse...

mmm minha querida Indie...

declamar-tos-ia,
olhos nos olhos...
lábios nos lábios...
pele com pele...

Um beijo

Pedro M disse...

Ohhh Attitude...

Acompanha-me nesta dança de desejo, paixão e luxúria :-)

Um beijo

Pedro M disse...

Como este poema exprime o sentimento que é meu.
Como me dá a vontade de te sentir na minha pele. O cheiro do teu corpo no meu.
Um beijo quente e humido
Ana

Ohhh minha querida Ana...

imagino-te assim... inteiramente lua... nua...
Numa noite de desejo,
teu corpo abraçando-me,
eu infinitamente em ti,
numa dança inebriante.

Um beijo

Fragmentos Intemporais disse...

Há sensações que não se descrevem, sentem-se...

... e que sensação sinto neste momento... tão única, tão intensa, tão minha...

Beijo-te como mereces...


Obrigada pela visita...

Pedro M disse...

Ohhh menina que se fez mulher...

adorava sentir-te... ter-te...
assim, dançando nua... tocando... sentindo... gozando...

Um beijo