sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Meu brinquedo


Você quer me algemar?
Me desnudar
Me cobrir
Com beijos
Em seu olhar
Faíscam desejos
Quero te amar
Sem medo
Quero ser
Seu brinquedo
Quero te ver
Me desvendando
Me fodendo
Com amor
Estou nua
Te dizendo
Sem pudor
Me possua
Me ame sem medo
E seja meu brinquedo

por Liz Christine
fotografia de Hemail

4 comentários:

Indie disse...

não, brinquedo não, quero que seja a sério

Pedro M disse...

Ohhh Indie...

Desejo, paixão, prazer,
Poderá haver algo mais sério?...


Um beijo

Ana disse...

Faz de mim o teu brinquedo,
Eu nua te espero,
Quente e humida,
Usa-me...
Beija a minha pele,
Sente na tua lingua a minha vontade
O meu corpo espasma de ansia.
Aguarda que nele entres... quente...
te aguarda espada firme!
Brinca, fura a gruta quente que é tua.
Brinca no escuro quente da descoberta.
Agarra o corpo que é teu por um momento.
Sente estes mamilos turgidos que aguardam teu toque... uhm como te sentem... como esperam o teu calor.
Vem este corpo espera o teu brinquedo...
Ana

Pedro M disse...

mmm minha querida Ana...

procuro-te nua, assim,
quente e húmida...
O sal de tua pele na minha língua, na minha boca.
Deixa-me entrar em ti...
deixa-me sentir o teu calor envolver-me...
deixa-me derramar em ti o meu desejo...

Um beijo