segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Modo de amar ― IX


Enlaçam as pernas
as pernas
e as ancas

o ar estagnado
que se estende
no quarto

As pernas que se deitam
ao comprido
sob as pernas

E sobre as pernas vencem o gemido

Flor nascida no vagar do quarto

por Maria Teresa Horta
fotografia de autor desconhecido

2 comentários:

candlelight disse...

perco-me no labirinto
em que te encontro,
entre os gemidos
e os suspiros
crescentes
que arrancas
com carícias imaginárias,
morangos vermelhos
e beijos molhados

beijas lábios e lábios,
saboreias sem pudor
percorrendo o meu corpo
com a tua boca,
marcando e provando;
mordiscas os seios
e traças no meu peito
rios e estradas
que não desaguam
no mar mas em ti

possui-me com vagar...

Pedro M disse...

mmm minha querida Candlelight...

percorro o teu corpo, com meus lábios,
num prazer intenso marcado por perfumes e sabores :-)

Um beijo