segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Primeiro suspiro


Arromba!
Penetre entre as gretas que te enxergam
Adentre pelos poros que veneram
o teu suor no meu endoidecido...

Arromba!
Por todos os meus lados puritanos
tão virgens e tão castos, espartanos
te engulo feito louca ao teu gemido...

Arromba!
Teu gozo expluda em mim feito uma bomba
debata-se e debata-se vencido
calando o meu grunhir na tua boca...

E...
depois da casa arrombada
não reste mais nada
por viver...

por Isabel Machado
fotografia de autor desconhecido

12 comentários:

Marta disse...

Poema intenso de paixão....
Querer intensamente saborear, sentir essas emoções que explodem...
Poema forte, Pedro...
Como sempre, imagem bem escolhida
Beijos e abraços
Marta

Desnuda disse...

Pedro! Estava saudosa!


ARROMBA....adoro falar esta palavrinha nesta hora....


Beijos e excelente semana!

Pedro M disse...

mmm Marta... uma invasão de sensações, de emoções e sentimentos que nos libertam dos nossos tabús e inseguranças, fazendo-nos explodir num gozo e num prazer incontidos.

Um beijo louco

Pedro M disse...

mmm Sam... que prazer escutar essa palavra, segredada, murmurada, gemida, suspirada, gritada...

Anónimo disse...

Gostei. É forte. Acima de tudo adorei a foto (e a parte do suspiro)...
Um beijo Pedro M.

Luxúria vs Tentação disse...

Passamos para dar um beijo.



***

Pedro M disse...

mmm... minha querida Anónima, também achei a foto simplesmente deliciosa... e muito boa para o poema.

Um beijo

Pedro M disse...

Ohhh... fico sempre indeciso... qual das duas escolheria? A Luxúria? A Tentação?...
mmm... é necessário escolher?! :-)

Dois beijos bem quentes e húmidos

O_Silencio disse...

Confesso que também prefiro a foto.

As palavras devem ser inicialmente mais suaves e terminar de uma forma mais crua......este meio termo, são gostos.

Beijo...........meu

Pedro M disse...

Olá Silenciosa! Concordo contigo. O poema é demasiado forte, demasiado cru desde o início. No entanto está todo ele impregnado de um desejo e de uma luxúria à flor da pele que se entrenham nos nossos sentidos. Quando descobri esta foto, que se conjugava tão bem, não resisti a publicá-lo.

Um beijo

Carla disse...

uma verdadeira explosão...
beijos em forma de suspiro

Pedro M disse...

mmm Carla... uma explosão dos sentidos...

Um beijo